Caepa

Concessões da GS Inima Brasil foram destaque em publicação sobre saneamento básico

Os serviços de saneamento básico realizados nas cidades de Araçatuba (SP) e Ribeirão Preto  (SP) foi destaque na publicação do Panorama da Participação Privada no Saneamento 2016, lançada em São Paulo no dia 30 de julho pela ABCON - Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto. O evento contou com a participação do presidente da GS Inima Brasil, Paulo Roberto de Oliveira, parlamentares, representantes do BNDES e da Caixa Econômica Federal e de diversas entidades do setor.


Em Araçatuba, a GS Inima é responsável pelo sistema de abastecimento de água, de esgotamento sanitário e gestão comercial. Já em Ribeirão Preto, a empresa fez o projeto, construiu e opera o sistema de tratamento de esgoto. As cidades foram apontadas como exemplos positivos no avanço em saneamento.

Oliveira, que também é presidente do conselho diretor da Associação Brasileira das Concessionárias Privadas dos Serviços Públicos de Água e Esgoto (ABCON), discursou na abertura da cerimônia. Ele fez um balanço dos desafios para o setor e falou sobre o déficit histórico do saneamento no Brasil.


No país, detalhou o presidente, quase metade da população não possui serviço de coleta de esgoto e apenas 40% do que é gerado é efetivamente tratado. "Ao deixarmos de elevar o saneamento à condição de prioridade, perdemos uma oportunidade histórica de discutir as reais dificuldades que afetam o setor e fazer avançar a oferta de serviços à população", afirmou.


Também participaram do evento, o senador Roberto Muniz, o secretário nacional de saneamento ambiental, Alceu Sagamarchi Filho e o deputado federal Cacá Leão.


Segundo Muniz, atualmente existem aproximadamente 30 mil obras paradas no país, totalizando cerca de R$ 300 bilhões de restos a pagar. Já o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Paulo José Galli, disse que o banco está empenhado na questão do saneamento.


A publicação Panorama da Participação Privada no Saneamento 2016 apresenta dados atualizados das atividades das concessionárias privadas de saneamento em todo o país, além dos perfis de 11 municípios que, com a presença da iniciativa privada, atingiram excelentes indicadores de desenvolvimento econômico e social.

 

http://abconsindcon.com.br/publicacoes/panorama-da-participacao-privada-no-saneamento/